25 de janeiro de 2012

De como Batman nos avisa para ter cautela com o Anonymous

O episódio Megaupload lançou um chamado mundial: "Nerds de todo o mundo, uni-vos!" Inocentes ou não, fãs do download (em sua maioria free), à esquerda e à direita, lançaram-se em uma apaixonada defesa da liberdade de compartilhamento contra as leis que pretendem acabar com a farra. Anarquistas do DCE smartphone e até conservadores de direita anti-Obama enxergam no surpreendente grupo Anonymous uma espécie de messias libertário que veio desafiar e possivelmente destruir a Estrela da Morte estadunidense ou a Nova Ordem Mundial obâmica e Iluminatti. Como era de se esperar, tamanho consenso em torno desses heróis mascarados se transformou em uma enxurrada de videologs, tags e memes de protesto, seja contra o SOPA ou a PIPA, seja contra o Império do Mal ditatorial, seja contra o FBI imaginário das séries americanas etc etc até que a coisa ganhasse a proporção de um verdadeiro golpe do povo contra o Lado Negro da Força. Deputados e senadores americanos recuaram dos odiados projetos mas ainda tinha gente pedindo o fim deles assim como ainda há quem pergunte se a Luíza voltou do Canadá.

Como todo olavete que se preze não poderia deixar de notar com estranheza (ui!) a (para mim nada surpreendente -pessimismo mesmo!) notícia da hospedagem do site de compartilhamento do Anonymous, o Anonyupload, na Rússia. Todo mundo que vê sacanagem na internet sabe que os sites russos são famosos por espalhar vírus nada agradáveis e quem é nerd de verdade conhece muito bem a realidade da guerra cibernética que a Rússia e a China travam contra o Ocidente. Não precisam nem contar com as profecias de Nossa Senhora de Fátima (ela sabia que a Rússia também espalharia o mal pela internet?!!) para desconfiar que isso somado a um bando de caras de máscara pode não ser tão de confiança assim. Cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém.

Um comentário de um amigo no Facebook ecoou um pouco dessa credulidade premium que está sendo concedida ao bando de mascarados inspirados no HQ e no filme "V de Vingança" (que aliás gosto muito) quando exaltou a honestidade e dignidade do bando de hackers. Querem saber? EU TAMBÉM QUERIA ACREDITAR NO ANONYMOUS! Assim como gostaria de acreditar no Homem-Aranha, nos X-men, no Quarteto Fantástico e no direitismo do cartunista da Mafalda. I want believe! Eu vou confessar a vocês que eu acreditava em ET's e era fanático por Arquivo X até estudar um pouco do que realmente acontece no mundo e começar a achar que poderia deixar de me preocupar com eles porque aqui embaixo a coisa era muito mais feia e assustadora do que a possibilidade de um dia ver discos voadores invadindo Nova York...

"V de Vingança" é uma FICÇÃO. O personagem "V" é uma personificação da justiça e da liberdade, uma espécie de deus mascarado, de encarnação. O personagem não tem um passado nem um rosto identificável, não se sabe de onde vem seus recursos, estas e outras características que ajudam a dar verossimilhança a um personagem que se presta a uma mensagem que pode ser edificante e inspirador na luta contra todos os totalitarismos. No entanto, essa encarnação da virtude em um homem só é possível na ficção e na mitologia, e creio eu, por ser cristão, na real divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo que É todas as virtudes e potências existentes.

Mas longe de mim querer comparar o milagre da epifania da justiça e da liberdade em um coletivo de hackers com o Milagre da Encarnação do Logos. Não. Quero comparar o coletivo Anonymous com um camarada també muito querido por nós nerds (não venham negar que sou nerd com algum "medidor nerd" pois nunca se é nerd o bastante - principalmente agora com toda essa dificuldade para baixar coisas na web): Batman, o Cavaleiro das Trevas.

O Homem-Morcego é um justiçeiro e um homem bom. E se não me engano foi o promotor Harvey Dent que disse uma vez que os vilões de Gotham existiam porque o Batman existia. Ora, a justiça encarnada sob o poder mágico de uma máscara engendrou uma espécie de deus. Coringa, seu arqui-inimigo, pinta o rosto porque sabe que não pode vencer um deus sem se tornar também ele um. Batman encarna o bem flertando com a ordem e Coringa o mal flertando com o caos. Mas ambos sabem que são apenas máscaras e Coringa é merecidamente o arquinimigo do nosso herói justamente por ele ser um deboche dessa falsa magia que é o Batman. E isso faz - na minha opinião - o Batman o mais realista dos heróis. Quem conhece a saga sabe que a decadência do herói começa quando sua loucura começa a ser exposta. Os filmes de Cristopher Nolan entenderam isso muito bem.

Não. Nenhuma virtude, assim como nenhum pecado, pode encarnar em você, em fulano de tal e muito menos em um grupo revolucionário ao menos que você recorra à magia da máscara. E isso inclui um flerte com as trevas, seja ela a escuridão da caverna do morcego, a insanidade ou a Rússia. Se encarna em Jesus Cristo é uma outra questão que envolve coisas mais complexas do que um HQ. Nerds, menos! Assistam um pouco de "Big Bang Theory" e riam de si mesmos.




4 comentários:

  1. Malditos ninjas, mal posso ver seus movimentos!

    ResponderExcluir
  2. Interessante análise acerca do grupo "Anonymous" é bom saber que tem pessoas que vão a fundo para saber o que de fato está por trás das coisas.

    Eu creio que o "amigo" na qual você referiu em seu artigo era eu, posso estar enganado mas eu também mostrei meu apoio ao grupo Anonymous e vou dizer por que.

    Eu sei que agora de início depois deste problema todo do SOPA e PIPA, todos se uniram a favor da liberdade, sem placa de partido algúm, é de fato algo estranho, pois por exemplo, se notar-mos nos protestos de Occupy Wall Street, o protesto era algo completamente esquerdista, agora quando chega na internet, todos esquecem esquerda e direita em nome de liberdade.

    O interessante é que o Anonymous não tem líder, não tem uma organização definida, você vai ver que até nas próprias páginas deles, todo dia tem discussão de quem é o melhor hacker, então é difícil definir se existe de fato uma motivação política por trás.

    Levando em conta que a maioria dos hackers do Anonymous e LulzSec estão entre 18-30 anos de idade, podemos assumir que a maioria é de esquerda e que tem um pé atrás contra os Republicanos. Ontem mesmo infestaram a página do Facebook de Newt Gingrich sem o menor motivo.

    Apesar de eu apoiar a motivação a favor da liberdade do indivíduo e querer manter o governo bem longe das nossas vidas pessoais, eu não posso apoiar e nem comentar sobre a motivação política por trás do grupo, porque não existe UM GRUPO, acho que isso é o mais importante de se notar.

    Os servidores na Rússia para mim não amedronta por que são só locais de armazenamento de dados, não creio que agora irão infiltrar vírus dentro dos programas e etc...não é a motivação do Anonymous, e os servidores lá é só mesmo para provar para o Obama e Hollywood, que eles não podem controlar o mundo inteiro.

    A questão do Anonimato surgiu porque o grupo se formou nos canais do forum 4chan, e lá a maioria das pessoas colocam coisas como anonymous porque não requer registro nenhum, um dos maiores hackers do grupo pensou em revelar sua face mas percebeu que provavelmente iria virar mira do governo, e optou não revelar, mas disse que não vai durar muito tempo.

    Muito bom trabalho no blog! Continue assim!

    Filipe A.

    ResponderExcluir
  3. Minha preocupação é mais com essa heróificação do Anonymous. Só recomendo cautela e caldo de galinha.

    ResponderExcluir

O único troll aqui sou eu!!!